sexta-feira, 13 de março de 2009

A porta de entrada do antigo internato

1 comentário:

Sérgio Lopes (Aluno 192) disse...

Essa porta e essa campanhia têm história e uma é minha. Ainda tenho a marca na cabeça!

Uma certa noite, fiquei a estudar sozinho, devia ser época de exames. Quando resolvi ir para a cama no internato novo, despedi-me do guarda nocturno João e saí a correr em direcção ao internato novo. O portão de ferro, parecido com o que dava acesso à capela estava aberto e chovia muito. Dados alguns passos, lembrei-te que tinha esquecido algo e regressei, sempre a correr. O portão de ferro continuava aberto. Agarrei no que tinha a agarrar lá na sala de estudo na cave, voltei a despedir-me do João e saí disparado. Bati com o coco nos ferros do portão! O João, enquanto fui lá baixo, distraidamente ou por hábito trancou o portão de ferro! A ver tudo a andar à roda, entre lágrimas e sangue, o João ouviu as que sabia e as que não sabia...

Vão lá 53 anos!