sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Irmão no IVS

A propósito do aparecimento do irmão da Natércia já repararam na quantidade de "irmãos" que ,pelo menos eu , apanhei na minha passagem no IVS ? Haverá mais ? Vámos lá ver. A Natércia e o irmão António O David e Norton - Moçambique Os Vila Boas que moravam na quelha Os Veiga de Macedo Os Paiva Raposo Os Carreiras - Angola Os Pereira - de Mortágua Os Teixeira - de Vila Real ? Os Sotto Mayor Os Sousa Coutinho Os Faias - Santarém Os dois irmãos do Congo O José Luis e o irmão mais novo que cantava melhor que o Joselito ; e José Vaz Serra ( director) e Manel Vaz Serra ( aluno e interno) Lembraste de mais alguém ? Um grande abraço Acácio Leite

4 comentários:

Sérgio Lopes disse...

Caro Acácio,

Lembro-me dos 2 irmãos (um era o Carlos e outro Pedro, este morto em combate na Guiné) e 1 irmã (muito bonita) Matos Neves, irmãos Castelo-Branco de Castelo Branco, um era muito alto e forte e está referenciado na história da "professora que quase não foi". De dois irmãos de Figueiró dos Vinhos, filhos de um médico, creio que os Faria. De dois irmão alentejanos a atirar um tanto para o estúpido; ao meio da noite, um perguntava ao outro "ó João, tu já dormes?", resposta "Já", contra-resposta do perguntador "Eu também". Depois teria havido as irmãs das irmãs. Só que nós só olhávamos para a boazona...

José Avelar disse...

Acácio Leite
E então eu é que tinha boa memória... da tua lista lembro-me dos Sottomayor o Pedro e o Zé. Dos Faias que eram de Santarém ainda cheguei a encontrar o mais novo quando estive na Escola Agrícola de Santarém e tenho a impressão que na tropa também.
Um abraço
J.A.

AntonioMN disse...

Caro Sérgio
Só uma pequena correcção: o Pedro Matos Neves foi morto em combate não na Guiné, mas em Moçambique, mais propriamente perto do aquartelamento de Diaca, em Cabo Delgado, na sequência de uma emboscada monstra.Eu também lá estive.

António Mendes Nunes (Catorze)

Natércia Martins disse...

Havia também os irmâos Moreira que moravam perto do Clube ao meio da ladeira.