domingo, 12 de abril de 2009

A minha casa

Temos estado no passado como verdadeiros adolescente Por isso aqui coloquei a minha casa É tempo de voltar ao presente nem que seja por pouco tempo. Ao fundo fica o vale de Condeixa-a-Velha e as ruinas Romanas de Conímbriga. De certeza todos conhecem Conimbriga. É tempo de conhecer e se subirem a ladeira vir cá a casa beber um copo. É uma casa muito modesta, mas com muito Sol e calor cá dentro......

11 comentários:

Sérgio Lopes disse...

Minha Cara Natércia,

Não meteste o pé na possa?

Tu tens alguma ideia da capacidade que cada membro deste grupo especial tem de armazenar bebidas alcoólicas? Olha, o João Facha tem a mesma capacidade de um B747, o Acácio de 3 B737, o Quim conseguiu fechar todos os bares da Nazaré.

Tens sorte só no José Avelar que foi proibido de beber desde aquela excursão da malta à adega da Real Vinícola que conseguiu secar numa hora :)

A menos que esse lago ao fundo seja de vinho e mesmo assim não sei se te salvas. Olha que eles até a linda vista te levam... Lembra-te do portão do Clube e do Acácio :)

Natércia Martins disse...

Tu nao sabes, mas o meu sogro era taberneiro, portanto ainda lá tem as pipas, embora vazias.
Enchem-se com vinho de Alfafar, que dizem ser muito bom. Além disso à porta do apartamento , onde mora o meu filho Pedro, passa um rio e ainda a fonte de Alcabideque é uma nascente que abastecia a cidade de Coninbriga. Eles conseguem beber assim, tanto ?

Sérgio Lopes disse...

Olha que pergunta mais ingénua! Porque pensas que nenhum deles dá sinais de vida há 48 horas? Secaram todas as pipas até uma distância 500 km das suas casas...

Acácio Leite disse...

" se bem me lembro " o portão do Clube era de madeira e imitava aqueles portões das herdades mostradas na série Dalas.

Quanto ao beber muito Sérgio estás atrazado uns anitos . Já bebi bem a minha parte sem nunca chegar a frequentar os AA , mas de certeza absoluta que se nos juntássemos todos na casa da Natércia eu far-te-ia a vontade - virava um B737.

Que todos tenham passado uma Santa Páscoa

Natércia Martins disse...

Esqueci -me de dizer que aqui na aldeia há cerejas e cerejeiras.....
Não há GNR para prender quem quer que seja.
Também não será preciso escondê-las nos bolsos Desculpa a brincadeira...

Acácio Leite disse...

Natércia .Sendo assim seria melhor o encontro ser em junho/julho ? . Em vez de B737 virava B747 enquanto ensinava ao Sérgio a arte promíscua de colher e transportar cerejas

Natércia Martins disse...

E pensas que ele não sabe ? Deve ser licenciado com mestrado e doutoramento

Sérgio Lopes disse...

Agora o Acácio, rejeitando a sua capacidade de encaixar pinga, fez-me lembrar esta:

A professora pergunta ao Zezinho:
- Zezinho, quem escreveu Os Lusíadas?
- Eu não fui sôra p'ssôra!
- O menino está a brincar comigo? Amanhã quero que traga o seu pai para ter uma conversa com ele.

No dia seguinte lá aparecem o Zezinho e o pai. A professora conta ao pai a história e o pai, rápido, exclama:

- Senhora professora, o meu Zezinho pode ser mandrião, mas mentiroso não é! Se ele diz que não foi ele é por que não foi.

Nessa tarde a professora chega a casa, encontra o marido a ler o jornal e desabafa, contando-lhe toda história.

O marido, afasta o jornal para o lado, olha para ela com um ar compreensivo e diz:

- Também não é caso para estares tão afobada, essas coisas passam-se. Se calhar foste tu e não te lembras...

Natércia Martins disse...

Juro que enquanto professora, nunca ninguém se escusou a saber quem escreveu " Os Lusíadas".....

José Avelar disse...

Natércia

Quando se proporcionar uma visita a Condeixa fique descansada, que as "bocas" do Sérgio "Real Vinícola" são imaginação dele, que é fertil,mas os excessos nunca foram o meu forte e agora com a idade muito menos,pois temos que nos poupar... e ainda bem que ao pé do filho Pedro passa um rio. Assim, o Sérgio pode continuar a falar, pois não há perigo de inundação...ha,ha..oh eh eh...

Sérgio Lopes disse...

Natércia tu já terias percebido que na velhice a "tropa" que conheceste no IVS é agora toda bem comportada, sem excessos, temente ao diabo, etc.. E o Sérgio, o que era um exemplo acabado de bom comportamento no IVS é que é de excessos? Mas que "escola" foi o IVS ahahah