sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Voo da TAP heheheheheheh!

Com a devida vénia ao António Gracez de quem recebi por mail:
Num voo internacional, como é habitual, o comandante do avião liga o Microfone e fala aos passageiros: - "Bom dia, senhores passageiros, neste exacto momento estamos a 9 mil Metros de altitude, velocidade cruzeiro de 860 Km/hora e estamos a sobrevoar A cidade de...AAAAAAAHHHH............... VALHA-ME DEUS...!!!" Os passageiros ouvem um barulho infernal, seguido de um grito Pavoroso: - "NÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOO!!!" Depois de um silêncio sepulcral, volta a ligar o microfone e, timidamente, Diz: - "Peço imensa desculpa, mas esbarrei na bandeja e uma chávena de café caiu-me no colo. Imaginem lá como é que ficaram as minhas calças à Frente!!!" Prontamente, um dos passageiros gritou:
- "Filho da p..... !!! Imagina lá como é que ficaram as minhas calças atrás!!!"

16 comentários:

Natércia Martins disse...

Meu Amigo Esta já tem barbas ....

Sérgio Lopes disse...

'tás a ver António Garcez? Estou desactualizado até com a TAP que servi 40 anos eheheheheh

Antonio Garcez disse...

A Natércia quis dizer que nós é que temos barbas, não a anedota.

Natércia Martins disse...

Barbas, eu não tenho. Tu é que tens. A anedota também tem. Conheço-a desde a inauguração do aeroporto da Madeira ( Santa Catarina). Estava lá quando a inauguração. Deve ter sido quando o pobre piloto, ainda sem grande experiência, deixou cair o café .....
É que aterrar no aeroporto da Madeira, não era para todos......

Antonio Garcez disse...

Bom, parece estar desfeita a "confusão" das barbas,
A propásito, o Sérgio ainda tem barbas?

Natércia Martins disse...

O Sérgio ainda tem barbas, o que lhe dá um " ar" de artista de cinema. bem giro..... da nossa idade
Sérgio! não te envaideças !!!!!

Sérgio Lopes disse...

Natércia, Natércia, minha querida amiga, não faças propaganda sobre a minha aparência "jovem", que problemas já tenho de sobra ahahahahah

Sérgio Lopes disse...

Natércia, esclarece lá que não te referes ao aeroporto novo da Madeira; estavas lá quando inauguraram "um apeadeiro de aeroplanos" que daria no triste e único desastre TAP com vítimas fatais (aliás 6 tripulantes e 125 passageiros - ver http://notempodosaraujos.blogspot.com/2009/05/o-acidente-da-tap-na-madeira.html ). Naquele tempo aterrar nessa "apeadeiro" era um exercício de precisão. No novo aeroporto o perigo não é o mesmo, mas continua a ser preciso considerar as conndições atmosféricas.

Natércia Martins disse...

Na verdade o aeroporto a que me referi foi em 1964 ( como sou velha ! )Só viria a viajar de avião para a Madeira em 1996. Muitos anos depois....

Sérgio Lopes disse...

Pois és uma sortuda! Eu ainda não aterrei no novo aeroporto. Todas as veze que fui à Madeira aterrei no velho "apeadeiro de aeroplanos"

Natércia Martins disse...

Neste já aterrei duas vezes e devo lá voltar em Agosto com o Rancho

Antonio Garcez disse...

Pera aí, eu também tenho barbas e não estou assim tão mal, e ainda por cima tenho o brinco que me dá um certo ar. Tenho ou não tenho razão?

Natércia Martins disse...

Tens é inveja do " piropo" que o Sérgio levou... Não digo nada do brinquinho na orelha Tenho um filho que também tem 3 brinquinhos.

Antonio Garcez disse...

Podes falar do brinquinho, mais críticas do que as que tenho ouvido.....É mais uma.
Quando em Agosto fui a Cernache, nem pela cabeça te passa o que eu ouvi.

Sérgio Lopes disse...

Ahahahahahahah O meu filho também por volta dos 17 anos chegou a casa com a brilhante ideia de usar brinco. Só que eu, em certas coisas, sou muito conservador e achei que brinco, tal como o casamento, tem sexo definido: e é feminino. Disse-lhe, "pões o brinco mas procura a tua própria casa". Não houve brinco e hoje ele ri-se muito do episódio e dá-me razão.

Devo explicar com mais este episódio. Há 3 anos as minhas netas foram passar uns dia comigo aos EUA e apareceram de piercings no nariz, lígua e lábio. Chocou-me! Disseram-me, para me calar, que era moda e que tinha originado nos EUA. Agarrei nelas e fomos dar uma grande volta por bairros de classe média para ver "essa" moda. Não encontraram um único piercing, a menos que a garota estivesse atrás de um balcão e viesse dos bairros pobres e pouco cultos. Hoje também se riem do episódio. Porque copiamos o que é menos bom de um país de 307 milhões de habitantes, não faço ideia...

Natércia Martins disse...

O meu filho Pedro é " artista" e como todos os artistas tem ideias diferentes dos outros. Assim usa há muitos anos 3 brincos na orelha esquerda. Nem eu, nem o pai, nunca ligámos a isso.Hoje tem 34 anos e continua a usar.